quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O velhinho...


Deixei o meu sapatinho
Na janela do quintal
Papai Noel deixou
meu presente de Natal

Como é que Papai Noel
Não se esqueçe de ninguém
Seja rico ou seja pobre
O velhinho sempre vem

Seja rico ou seja pobre
O velhinho sempre vem
Otávio Babo Filho

6 comentários:

Sonhadora disse...

Inès
Lindo poema.
O teu blog está em festa.
Beijjinhos
Sonhadora

RITINHA disse...

OI AMIGA, ESTOU DE VOLTA!E VIM TE VISITAR!ESTOU DE CASA NOVA E TE OFEREÇO MEU LINK, AWARD E MASCOTE.....BJS E SAUDADES!

a magia da noite disse...

ainda bem que ao menos ele não olha para padrões sociais.

Vera disse...

Que lindo o teu blog!
Obrigada pela visita. Vou ficar atenta às tuas atualizações...
Beijos e Feliz Natal!

manuela baptista disse...

Inês

esta canção de Natal, cantei-a eu

assim tal e qual
e durante muitos anos,
aos meninos com quem tive a sorte de me cruzar, durante a minha carreira de Educadora de Infância!

Foi-me ensinada por uma grande amiga minha Brasileira, que trabalhou comigo em Portugal.

Ela regressou ao Rio e até hoje não tinha mais recordado este generoso Papai Noel...

Foi a sua magia que me deu este momento bom!

Um beijo

Manuela Baptista

Ghost disse...

Você tem um blog muito bonito e eu quero agradecer-lhe pela sua visita.
Eu usei o Google Translate para deixar esta mensagem em Português. Eu sou Inglês. Eu queria que você fosse capaz de lê-lo.
Aqui está o site, se você precisar dele.

http://translate.google.com/ # en | pt |