segunda-feira, 29 de junho de 2009

Dia do Pescador






29 de junho
DIA DO PESCADOR




Todos já ouviram falar que pescador é bom para contar histórias, não é mesmo? Mas um bom pescador é principalmente aquele que conhece os segredos do mar, sabe observar as fases da lua e tem um cuidado todo especial com a natureza, porque sabe que a sobrevivência e procriação dos peixes dependem do equilíbrio ambiental.
Para manter esse equilíbrio e preservar as diversas espécies de peixes, existem leis que regulamentam a forma de pesca e principalmente a época certa para pescar, por exemplo, existe a lei que proíbe a pesca durante a piracema, que é o período de reprodução dos peixes, quando as fêmeas vão para as margens dos rios desovar.
O pescador profissional sabe de todos os truques para uma boa pescaria: conhece a época de reprodução das espécies de peixes de sua região (e respeita conforme a lei!), sabe escolher a isca e o anzol certo e também conhecem o local mais adequado para pescaria.
Como o trabalho do pescador é sempre um desafio, o dia 29 de junho foi escolhido como o Dia do Pescador por ser o dia de São Pedro, o apóstolo que era pescador, e por isso muitos pescadores tem esse santo como protetor.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Ilusão de ótica...


Concentre-se no ponto ao centro...
Agora, balançe a cabeça para frente e para trás.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Puxador de quadrilha...


Créditos: ciceroart.blogspot.com

terça-feira, 23 de junho de 2009

Ilusão de ótica...




Créditos: www.você sabia.net

domingo, 21 de junho de 2009

O inverno chegou...




Início: 21 de junho às 2h 45 min - solstício
Duração: 96,66 dias
Fim: 22 de setembro às 18h 20 min.
Equinócio - Início da Primavera
Principais razões da existência das quatro estaçõesdo ano:
Rotação anual da Terra em torno do Sol segundo
uma órbita elíptica (quase circular) e a inclinação de 23º27 min do Plano do Equador em relação ao Plano da Órbita Elíptica.
O horário de início do inverno é definido pelo instante em que o Sol atinge o Zênite de um ponto situado no trópico de Câncer, no Hemisfério Norte. Os raios solares incidem verticalmente no trópico de Câncer e a área iluminada pelo Sol é maior no hemisfério norte que sul. Este evento que demarca o início do inverno é denominado de Solstício.
Nos países do hemisfério norte, o inverno é tempo de neve! Apesar de não nevar no Brasil, as temperaturas caem bastante nesta estação. Muita gente gosta de subir a serra e curtir um friozinho no campo.
Não se esqueça de se agasalhar bem para não pegar uma gripe, já que esta é também a estação que devemos tomar mais cuidados com a saúde.
Créditos: Cepragri Unicamp e smartkids

segunda-feira, 8 de junho de 2009

MOV.com.br - Recados Animados para seu Orkut

MOV.com.br - Recados Animados para seu Orkut

domingo, 7 de junho de 2009

Origem do dia dos namorados...


Existem diferentes versões sobre a origem do dia dos namorados.
É bem provável que a festa dos namorados tenha sua origem em um festejo romano: a Lupercália. Em Roma, lobos vagavam próximos às casas e um dos deuses do povo romano, Lupercus, era invocado para manter os lobos distantes. Por essa razão, era oferecido um festival em honra a Lupercus, no dia 15 de fevereiro. Nesse festival, era costume colocar os nomes das meninas romanas escritos em pedaços de papel, que eram colocados em frascos. Cada rapaz escolhia o seu papel e a menina escolhida deveria ser sua namorada naquele ano todo.
O dia da festa se transformou no dia dos namorados, nos EUA e na Europa, o Valentine’s Day, 14 de fevereiro, em homenagem ao Padre Valentine. Em 270 a.C., o bispo romano Valentino desafiou o imperador Claudius II que proibia que se realizasse o matrimônio e continuou a promover casamentos. Para Claudius, um novo marido significava um soldado a menos. Preso, enquanto esperava sua execução, o bispo Valentine se apaixonou pela filha cega de seu carcereiro, Asterius. E, com um milagre, recuperou sua visão. Para se despedir, Valentine escreveu uma carta de amor para ela. Foi assim que surgiu a expressão em inglês "From your Valentine". Mesmo tido como santo pelo suposto milagre, ele foi executado em 14 de fevereiro.
O feriado romântico ou o dia dos namorados judaico: desde tempos bíblicos, o 15º dia do mês hebreu de Av tem sido celebrado como o Feriado do Amor e do Afeto. Em Israel, tornou-se o feriado das flores, porque neste dia é costume dar flores de presente a quem se ama. Previamente, era permitido às pessoas só se casar com pessoas da sua própria tribo. De certo modo, era um pouco semelhante ao velho sistema de castas na Índia. O 15 de Av se tornou o Feriado de Amor, um feriado judeu reconhecido durante os dias do Segundo Templo. Em tempos bíblicos, o Feriado do Amor era celebrado com tochas e fogueiras. Hoje em dia, em Israel, é costume enviar flores a quem se ama ou para os parentes mais íntimos. A significação e a importância do feriado aumentaram em anos recentes. Canções românticas são tocadas no rádio e festas 'Feriado do Amor' são celebrados à noite, em todo o país. (Jane Bichmacher de Glasman, autora do livro "À Luz da Menorá").
No Brasil, a gênese da data é menos romântica. Alguns a atribuem a uma promoção pioneira da loja Clipper, realizada em São Paulo em 1948. Outros dizem que o Dia dos Namorados foi introduzido no Brasil, em 1950, pelo publicitário João Dória, que criou um slogan de apelo comercial que dizia "não é só com beijos que se prova o amor". A intenção de Dória era criar o equivalente brasileiro ao Valentine's Day - o Dia dos Namorados realizado nos Estados Unidos. É provável que o dia 12 de junho tenha sido a data escolhida porque representa uma época em que o comércio de presentes não fica tão intenso. A idéia funcionou tão bem para os comerciantes, que desde aquela época, o Brasil inteiro comemora anualmente a data. Outra versão reverencia a véspera do dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro.
Adaptação: Lilian Russo(Fontes: Revista Época, edição 160/2001; IBGE Teen e Revista Eletrônica Rio Total)