segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Desilusão

O que é amar?
A estranha dor de estilhaçar a alma em carinhos...
É colher ao acaso alguma flor para despetalá-la no caminho.
E que resta depois de tantos ais?
A saudade? Talvez...
Ó alma enganada de ti e da flor não resta quase nada:
Um punhado de pétalas na estrada, um perfume nos dedos...
- Nada mais...
Menotti Del Picchia

35 comentários:

Linda disse...

Olá Inês!
Vim agradecer e retribuir a sua visita. O poema é lindo....
Boa semana.
bjs
Linda

Wanderley Elian Lima disse...

Olá
Nem sempre amor, rima com dor. Existem amores felizes, e amar sempre fale a pena.
Bjux

ONG ALERTA disse...

Amor é aprendizado devagar se seja lá, paz.
Beijo Lisette

Sonhadora disse...

Minha querida
muito belo e profundo poema.

Deixo o meu carinho e um beijinho.
Sonhadora

Chela disse...

Estimada amiga,
Todos los poemas muy lindos y llenos de inspiracion!!!!

Gracias por tu visita y comentarios, siempre alegran mi dia!!!

Un beso!

J Araújo disse...

Inês passei aqui para conhecer seu blog. Gostei!!

Bj

Phivos Nicolaides disse...

Eu estava de férias. Obrigado pelo seu comentário. Beijocas, Felipe

Daniel Costa disse...

Inês

Diz-se muito, quem ama sujeita-se a sofrer: Menotti del Picchia, vem confirma-nos isso no deu belo poema. Porém não podemos ter medo de amar, olhemos o quanto é de graticante.
Beijos

Osvaldo disse...

Inês;
Do amor sempre resta... tudo.

Porque o amor é o momento, é o sentir que esse momento é único, é inrrepetivel... é ímpar.
bjs, Inês.
Osvaldo

seva disse...

Un lindo poema para una preciosa y significativa imagen, un fuerte abrazo Magia desde Reinosa.

José Gonçalves disse...

Olá Inês,

Obrigado pelo Poema, que é Lindo!

Pela foto, que é espectacular!

E pele mensagem, que é perene!

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)

Magalis Marisol disse...

Hola amiga!!!
Gracias por compartir tan hermosos poemas!!!
Que Dios te Bendiga Hoy y Siempre y un fuerte abrazo desde Venezuela!!!

Pétales de fées disse...

Ola Amiga !
Heureuse de te retrouver.
Tu me sembles un peu nostalgique avec ce poème non?
Je t'embrasse!
A bientôt

CARMEN disse...

Perdona no haberte contestado antes, pero he estado un par de semanas fuera.
Precioso poema
besitos y feliz semana

chrissi disse...

Oh. ein schönes Foto. Das erinnert mich an etwas. Kennst du es auch. Wir haben früher immer die Blüten abgerissen....er liebt mich , er liebt mich nicht....jetzt brauche ich das nicht mehr. Denn er liebt mich. ;o))
Liebe Grüße, Chrissi

Ju Fuzetto disse...

Lindo seu espaço!!

Parabéns flor, boa semana!!!

beijo grande

Maika disse...

Oh el amor, el amor! Cuantas veces nos ha hecho sentir engañados? y perder la ilusión? Muy bonito amiga, te dejo mi saludo y un abrazo gigante! Gracias x ser tan cariñosa y especial, que tengas un buen dia. Hasta pronto. Cariños..

Jouir la vie disse...

A very nice poem! Love is Love...

Servus and so long
Kvelli

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ola Princesa: Ontem fiz um comentario a este teu post e agora não aparece deve ter-se passado alguma coisa com a net. é um lido post, amei meu bem.
Beijinhos
Santa Cruz

ÓNIX disse...

Hola querida Ines, mis saludos especiales para ti...

Desde Venezuela, con la ilusión de impregnarte de mis más sinceros deseos de alegría y eterna felicidad...

Abrazos...

Gilmar disse...

Del Picchia sabia dizer do amor e suas dores imponderáveis! Ainda assim, sabedores que somos do quanto dói, jamais desistimos de querer buscá-lo, intensamente!

Abraços!

dhmhtra disse...

Καλημέρα ...από την Ελλάδα!
Καλημέρα από τα Γρεβενά...την πόλη των Μανιατριών!

moderato_Dos_josef disse...

O amor é como o mel que escorre entre as mãos. tende a escapar, mas aprendemos a segurá-la antes que tudo está acabado...
Um beijo
Mi querida Dila...

Thony Caro disse...

QUE HERMOSO INES, IR DESHOJANDO LAS MARGARITAS PENSANDO EN ESE AMOR QUE DIGA QUE SI TE AMA.-
UN BESO ENORME Y GARCIAS POR DEJAR LOS TUYOS EN MI VENTANA.-

Jordy disse...

Precioso Ines!!
Me gusta mucho.
Besos desde España.

Marm disse...

Ciao, Ines. Belle le poesie che proponi sul tuo blog. Peccato non possa comprenderle fino in fondo. Un caro abbracio. Donatella

margusta disse...

Lindo Querida Inês!!!



Um beijo de carinho e um :)

AC disse...

Passei, li e fiquei...

Beijo :)

Toninhobira disse...

Ops, vim pela curiosidade do blog do Dan,onde vi a palavra Itabira-MG em seu comentario sobre o Timão,rsrs,como sou de lá...vim pra ver uai.E encontrpo esta maravilha do Menotti,tenho que parabenizar pela bela postagem. Um abraço de luz e paz menina.

inma disse...

Un poema precioso, gracias por compartirlo. Besos.

António disse...

Amar, é rir quando as vezes nos apetece chorar, amar é saltar barreiras, é passar por louco, é morrer se for preciso com um sorriso nos lábios.

Bjs!

José Maria Lobato disse...

Olá, que bonito cara amiga!!! Aqui vai um poema sobre amor, de minha conterrânea Florbela Espanca, que eu adoro, e até tem uma música chamada "Perdidamente" dos Trovante (grupo musical português já extinto) que a cantam de um modo genial. Quem sabe você aproveita num seu futuro "post"???
Florbela Espanca - "Ser Poeta"

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendos
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e cetim…
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente…
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Maria disse...

Hola Ines
Que bello poema!
Dehojar la margarita en el amor.
Besos y muy buen fin de semana!

glinka121 disse...

Kocha - lubi - szanuje - pozdrawiam :)

Magia da Inês disse...
Este comentário foi removido pelo autor.