domingo, 7 de novembro de 2010

Não te amo como se...


... fosses rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascendeu da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

Pablo Neruda

Soneto XVIII
✿ ܓܓ ✿

19 comentários:

AC disse...

E, embalados nas palavras, tudo tem fundamento...

Beijo :)

evanirgarcia disse...

Querida ,venho desejar um feliz Domingo .
Sua postagem esta divinamente linda!!
E ofereço o award e também você esta em destaque de Natal no Natal é Fonte de Amor.
Um carinhoso beijo...Te Amo ..Te Amo..Evanir
www.fonte-amor.zip.net

Santosh Bangar disse...

very nice poetry and tell about love. award is waiting for u

Pixelmanie disse...

Thanks for visiting and comments.
Will come back soon!
Have a good day.
Simone :-)

Hanukká disse...

Inês, linda poesia, parabéns pela escolha, beijinhos.



Bom domingo, abraço.

Provérbio 16- 1,2,3.


Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.

Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o SENHOR pesa o espírito.

Confia ao SENHOR as tuas obras, e teus pensamentos serão estabelecidos.

otoño disse...

Gracias por tu apoyo y tu visita, Neruda es grande con su obra.Besos.Olga.

Vozár Istvánné és Vozár István disse...

Hello, Ines!

Köszi szépen! Nagyon szép hetet kívánunk Neked!
Hamarosan kezdődik a Forma-1 -es Brazil Nagydíj! :))

Puszilunk!:)

Jouir la vie disse...

It's a wonderful poem, and so true...

Servus and so long
Kvelli

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Inês meu doce de amiga, grata pela força e pelo carinho.
Feliz de quem tem uma amiga igual a você, que Deus sempre te presenteia com todas as maravilhas da vida, beijinhos de luz e paz.

Mgomes - Santa Cruz disse...

Doce Princesa; Lindo Soneto de Pablo, mas eu te adoro como a mais bela princesa és e seras a minha eterna princesa, jamais meu carinho se perderá Porque te adoro do fundo do meu coração, es para mim uma das mais belas flores, porque para mim todas sois belas.
Beijinhos
Santa Cruz

Paco Sales disse...

Te amo sin saber como...un bello poema de Pablo Neruda, un beso amiga Ines

Ricardo Miñana disse...

Muy bella la poesia escrita con tu arte, un placer pasar por tu casa.
que tengas una feliz semana.
un abrazo.

tita disse...

Me encantas los poemas de Neruda,realmente fantastico este poema.
Besitos linda

José Gonçalves disse...

Olá Inês,

Que bela escolha aquela com que nos brindas.

"Cantar o Amor" será sempre algo de que nunca nos deveriamos de esquecer!

Porque o Amor é Belo.

Porque do Amor se fazem as coisas mais lindas.

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)

Teresa Carneiro disse...

Oi querida .....não pretendo desistir do meu blog não...rsrsrsrsrsr....vc se assustou com o título neh?rsrsrsrsrs
Tenho realmente andado um pouco ausente, mas estou me preparando para o Mestrado e só tenho tempo pra ler...ler...ler....Mas sempre que posso vou lá e respondo com muito carinho ....bjs

José Maria Lobato disse...

Olá, desculpe-me a longa ausência do seu blogue, mas estive fora sem acesso bom à net, agradeço ainda as visitas no meu espaço, a sua fidelidade é especial e é sempre um prazer visitar aqui!!!
Abraço, Zé Maria

Phivos Nicolaides disse...

Lindíssimo post. Bjo Grande, querida amiga Dila!

Linda disse...

Olá Inês!
Muito bonito este soneto. Continuação de boa semana.
Beijinhos
Linda

Sanja disse...

Hvala na posjeti i komentaru mom blogu! Vrlo rado ću pratiti tvoj maštovit blog!
Volim P.Nerudu i ovu pjesmu :)))
Lijep pozdrav iz Hrvatske!
Poljubac